Porque é bom voltar da festa de ônibus

Bebendo uma cerveja sentado no meio de uma praça de Trastevere em plena madrugada, não deu pra não pensar que, em São Paulo, isso não seria possível.
Dá um certo mal estar lembrar como é viver o tempo todo com medo, e que logo vou ter que voltar pra essa realidade. E não sinto essa dor só por mim, porque imagino o quanto meus amigos e ou qualquer outro grupo de amigos curtiria muito sair de casa sem estar blindado quando quer se divertir pela noite.

Ao ficar procurando um lugar para estacionar o carro nas ruas lotadas às 2 da manhã, lembro de todos os estacionamentos privados que existem em cada barzinho da Vila Madalena, em cada shopping center. Voltando pra casa depois da festa dentro de um ônibus, penso qual seria o valor do taxi que eu deveria pagar.
A sensação de sentar e beber olhando os prédios, praças e fontes, sem precisar pagar por aquilo, é uma sensação de vida. Já deu pra perceber que vou sentir saudade das noites de verão pelas praças de Roma.

Anúncios

Tags: ,

Uma resposta to “Porque é bom voltar da festa de ônibus”

  1. anna Says:

    Ai, bello….
    é duro.. é duro… é difícil aceitar. é triste saber que acabou. é revoltante saber que não é aqui, do lado… não é a vida de verdade daqui…

    mas vive, lindo.. vive por que o que vc está vivendo é real sim! pode não ser sustentável, mas é muito real!!! disfruta, chico!

    saudade de tudo! saudade de você! mas só colta a hora que o coração mandar….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: